sábado, novembro 10, 2007

O Parque da Pena no Second Life

O portal do jornal “Expresso” tem um espaço dedicado á second life,( O Second Life também abreviado por SL) é um ambiente virtual e tridimensional que simula em alguns aspectos a vida real e social do ser humano.) e foi aqui que encontrámos hoje,uma notícia sobre a realidade virtual Sintrense –O Palácio e o Parque da Pena.


Na página do Jornal ”Expresso”
O mistério do Parque da Pena
O edifício que se ergue algures num espaço ainda vedado em Second Life é um ambicioso projecto: a reprodução do Palácio da Pena. Uma recriação como há poucas no mundo virtual.
José Antunes, enviado ao Second Life

"É nesse contexto que se deve olhar para este Palácio da Pena implantado dentro de Second Life. Como projecto nacional que é, é um exercício ambicioso, que já despertou interesse além-fronteiras. Afinal, escapa da repetição de criação de simuladores com os usuais locais de diversão nocturna, espaços para aluguer, e mais uns quantos módulos repetitivos de muitos "sims", procurando modelar de uma forma ostensivamente ambiciosa um dos ícones da arquitectura nacional. Que nem sequer é cópia dos castelos do Reno, como alguns por vezes sugerem, dado que os antecede em alguns anos.

Reunindo quatro simuladores para dar forma às dimensões do complexo, e com cerca de 30 mil "prims" - a matéria primordial ou tijolos de construção de Second Life - o Palácio da Pena está ainda em fase de produção, faltando-lhe muito para estar pronto. Até porque, evidenciam os sinais em redor, a simulação não se limita ao edifício, ordenando também elementos do conjunto do Parque da Pena, da Fonte dos Passarinhos à Capela do Alto de Santo António e aos Lagos, testemunhos de que a traça do parque, que faz conjunto com o Palácio, está no projecto virtual. Resta saber para que serve um simulador com esta dimensão, onde não parecem caber os habituais locais de "camping" que criam de forma artificial tráfego de avatares*."
*Avatare-Em informática, avatar é a representação gráfica de um utilizador em realidade virtual. De acordo com a tecnologia, pode variar desde um sofisticado modelo 3D até uma simples imagem.(Wikipédia)
Do second life, para a realidade do Parque da Pena.
-Ao cuidado dos Parques de Sintra- Monte da lua.

A entrada do Portão dos lagos não tem bilheteira... só de Verão!!!
-Dificuldade 1
-Quem utilizar os autocarros
no acesso ao Parque da Pena, e saia na paragem da entrada do Portão dos Lagos, terá que ir a pé até à bilheteira que se encontra na entrada do Castelo dos Mouros,subir (350m+-) para comprar o bilhete de acesso, e voltar de novo (350m+-) à entrada inicial...
-Dificuldade 2
-Quem utilizar o automóvel
para aceder á entrada do Portão dos Lagos, e pretender comprar o acesso, terá que avançar até à entrada do Castelo dos Mouros para obter o acesso, e se pretender voltar á primeira entrada terá que ir a S.Pedro de Sintra e voltar a subir a rampa da Pena, para voltar á entrada do Portão dos Lagos, porque o sentido descendente é proibido!!!

O lago seco
«Os lagos do Parque da Pena “aguardam apenas as próximas chuvas para voltar a servir de habitat a cisnes e peixes”, garante ao "Alvor de Sintra" João Tavares, vogal do conselho de administração da Parques de Sintra e Monte da Lua (PSML).»
No Alvor de Sintra( Sexta-feira, 2 de Novembro de 2007 )

O Lago do Parque da Pena que aguarda que chova.




2 comentários:

José Cavalheiro disse...

E assim vai o nosso património cultural que nos foi legado.
É como se pode ver este "País de Sócrates" é um "second life".
É esta a virtualidade que nos querem fazer crer que vivemos.
Fica bem

pedro macieira disse...

José cavalheiro
A realidade construída por D.Fernando II, merecia ser tratada pelos herdeiros (PSML) , com mais cuidado, e respeito por quem se desloca em visita ao Parque da Pena.
Um abraço