segunda-feira, novembro 26, 2007

O Royal Hotel Bellevue e o Eléctrico da Praia da Maçãs

Legenda:Postal de 1910 representando a Praia das Maçãs com o Royal Hotel Bellevue dominante ao alto.
A importância dos eléctricos, nesta pequena memória sobre o antigo Royal Hotel Bellevue da Praia das Maçãs, destruído por um violento incêndio em 1921.
No jornal "Voz de Sintra" de 17 de Novembro de 1921 :

“Registou-se um pavoroso incêndio no Royal Hotel Bellevue, ficando o edificío praticamente destruído.(...)
Com autorização e até convite do Sr.Garcia, o eléctrico levou não só os bombeiros e o seu material como até os populares que ali se encontravam.”

Também José Alfredo Azevedo, refere a destruição do Hotel Royal Bellevue, e o facto de “a bomba de picota, que os bombeiros possuiam, ser transportada numa vagoneta atrelada a um carro eléctrico, o transporte mais rápido daquele tempo, conduzido pelo chefe de movimento da Sintra Atlãntico, Cândido do Souto, que transportou, também os bombeiros tendo feito o percurso no tempo de 25 minutos, o que foi um recorde.”


Imagem de 1908-Um grupo de convidados para uma festa de anos no Hotel Bellevue, oferecida pela Duquesa de Palmela, tranportados num eléctrico “reservado”.

Fontes:Obras de José Alfredo AzevedoIII
-Associação dos Bombeiros Voluntários de Colares 1890-1990-de António Caruna



Sem comentários: