sexta-feira, novembro 02, 2007

A propósito de Bandas Filarmónicas

A Banda da Euterpe de Benfica em 1911, banda que chegou a tocar em Almoçageme, no Grémio Republicano Musical, antecessor da actual Sociedade Recreativa e Musical de Almoçageme.
Arquivo fotográfico de Eugénio Germano Baptista
Desfile da Banda em Benfica foto não datada, do arquivo fotográfico de Eugénio Germano Baptista.
“Um dos fenómenos sóciopoliticos mais interessantes da sociedade portuguesa de fins do séc XIX é, sem dúvida, a proliferação das Bandas Filarmónicas.
Elas foram o refúgio, o esteio, a utopia e a festa das classes mais desfavorecidas e, ao mesmo tempo, mais conscientes.Por trás da Banda fermentou por Portugal inteiro o ideal. Libertário, socialista ou republicano apenas- facto é que através da Banda ou da fanfarra foram refinados os ingredientes que acabaram por derrubar a Monarquia.”
A.Martins Lopes , Jornal "Expresso" de 28 de Maio 1989
A Banda da Sociedade Filarmónica Euterpe de Benfica, sociedade musical fundada em 1859.
Em 1889 a banda foi transformada em fanfarra, e em 1891 por influência de alguns sócios executantes foi novamente reorganizada em banda.


Sem comentários: