domingo, novembro 25, 2007

Respirar o ar de Sintra


Sintra é talvez mais bela que sublime, mais grotesca do que bela, e todavia nunca em minha vida contemplei quadro algum que mais apto fosse a encher o espectador de prazer e admiração... Respirar o ar de Sintra é, por si só, um prazer inefável.

Robert Southey




4 comentários:

Jofre Alves disse...

Passo para apreciar e ver este blogue, que tanta qualidade tem. Tudo se vê com agrado. Boa semana.

Anónimo disse...

Terá sido também Robert Southey o primeiro estrangeiro a referenciar a sobreira dos fetos junto à Quinta do Relógio. Em carta a um amigo escreveu:

"Há, então, aqui uma árvore, tão grande e tão velha, que um pintor deveria vir da Inglaterra só para a ver. Os troncos e os ramos são cobertos de fetos, formando com a folhagem escura da árvore o mais pitoresco contraste".

Dado que terá visitado Sintra nos longínquos anos de 1795 e 1800, podemos afirmar, com segurança, que "a sobreira dos fetos" é já bem velhinha.
ereis

pedro macieira disse...

Jofre Alves/ Agradecido pelos comentários e visita.
Um abraço

pedro macieira disse...

Ereis/Sempre a aprender com o seu conhecimento sobre Sintra.
Um abraço