quarta-feira, junho 30, 2010

Os 120 anos dos Bombeiros Voluntários de Sintra

Photobucket
Photobucket
A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Sintra comemoraram no dia 24 de Junho, 120 anos de existência. Integrado nas comemorações do aniversário, decorre até 11 de Julho, uma exposição histórica da Associação, com peças alusivas aos bombeiros.

terça-feira, junho 29, 2010

segunda-feira, junho 28, 2010

domingo, junho 27, 2010

Distinção

Host unlimited photos at slide.com for FREE!
Trabalho de Filipe Costa para ilustrar a visita feita ao Centro histórico de Colares em Agosto de 2008

Filipe Pinto da Costa Santos, natural do Penedo, freguesia de Colares, receberá em Sessão Solene na próxima terça –feira (feriado Municipal) no Auditório Acácio Barreiros do Centro Cultural Olga de Cadaval, a Medalha de Mérito Municipal - Grau Ouro “Pela notabilidade, maturidade e afirmação da obra de designer em prol da Cultura do Concelho de Sintra", atribuída por unanimidade em Reunião do Executivo da Câmara Municipal de Sintra.

FCosta2

"Filipe Costa nasceu no Penedo (Aldeia do Espírito Santo) na encosta da Serra de Sintra, um pouco acima da Vila de Colares.

Cursou o Ensino Técnico e teve, como seus Professores e Mestres o Arqº Frederico George, o Escultor Martins Correia e o Professor/Pedagogo Manuel Calvet de Magalhães, seu mentor que, com o seu irmão Eduardo Calvet de Magalhães, Jornalista e Prof. em Técnicas de Artes Gráficas,
iniciaram-no na actividade artística fazendo uma breve passagem por algumas publicações da década de '40: "Mosaico" e "Baliza".

(...)

Voltando às suas raízes, Penedo - Colares, na sua área, como voluntário, vem prestando colaboração para várias Entidades Institucionais, entre elas, para a Junta de Freguesia, com o seu actual Site.

Presentemente, está desenvolvendo o projecto "Sentir Sintra", com ilustrações vectoriais de monumentos, paisagens e outros pormenores do património mais emblemático de Sintra, com o intuito de as reproduzir em litografia ou por outros sistemas de impressão e suportes."

Texto retirado do site "Sentir Sintra"

sábado, junho 26, 2010

Eléctrico da Praia das Maçãs aos fins- de-semana

Photobucket

Desde o dia 18 de Junho os carros eléctricos retomaram a circulação até à Praia das Maçãs - circulando às sextas, sábados e domingos. De segunda a quinta-feira continuarão a ser realizadas obras na via.

Photobucket


Photobucket

Photobucket
Fotos realizadas nas instalações da Ribeira de Sintra

sexta-feira, junho 25, 2010

Praia da Adraga (II)

Photobucket
Foto da Praia da Adraga em 1956, de António Passaporte ( Arquivo Fotográfico da CML)
"A Praia da Adraga, com um côncavo dourado de areia entre dois morros formidáveis. De um destaca-se uma pedra enorme caída no mar e o outro parece ser um monstro petrificado. O que aqui é mais interessante é o contraste entre as falésias cortadas a pique e a areia onde o mar banzeiro se espraia. O que aqui é admirável é a onda dum verde translúcido que se despedaça em rolos de espuma sobre as patas do monstro ante-diluviano.Do meio da praia a ilusão é perfeita. Vêem-se-lhe nitidamente a cabeça, os olhos, as ventas, o focinho aguçado, a boca enorme que mergulha na água- como se a fera sedenta tivesse descido há séculos da montanha e houvesse ficado ali a tragar o oceano para toda a eternidade."


Raul Proença -Guia de Portugal -Lisboa e arredores-Ed.1924

Piqueniques

Photobucket
Piquenique real na Adraga- quando da visita em 1905 a Sintra, da Rainha Alexandra de Inglaterra mulher de Eduardo VII, acompanhada pela Rainha D.Amélia (foto publicado no jornal Expresso)
Photobucket
Fotos de Manoel,Ana Maria José Francisca de Sousa e Holstein Beck num piquenique na Praia da Adraga em 1932. (Fotos do espólio de família-no Arquivo Fotográfico da CML)

Photobucket

quinta-feira, junho 24, 2010

Praia da Adraga

Photobucket

ADRAGA

Dá-lhe alcantilada Serra
de escarpas, rudes, abruptas,
toda a beleza que a cerra,
sem falar das suas grutas,
que guardam segredos profundos,
quase juntas do local
onde a vasta e imensa Terra
acaba no que é Portugal,
e o vasto MAR, se descerra,
como estrada a "Novos Mundos"!
ADRAGA, luzente areal,
é dos sítios, mais fecundos,
do que é Mundo Ocidental!
Com MAR calmo ou revoltado
a ADRAGA é da NATUREZA,
por dom de Deus, um legado
de Sonho,feito certeza;
Puro Tesouro engastado
no que é Terra Portuguesa!

Mário Cristino da Silva

Photobucket
Ana Maria de Sousa Holstein Beck e Joaquim Tomás Manoel , 2º Conde de Valbom, na Praia da Adraga em Janeiro de 1924 -Fotos do espólio de familia no Arquivo Fotográfico da CML

Créditos:
-Postal da Adraga dos anos 60 -colecção particular

-Poema Adraga, retirado daqui

quarta-feira, junho 23, 2010

Embargos e Atrasos Sintrenses

De uma notícia do jornal "Público" de 22.06.2010:
Photobucket


"A guerra prende-se com uma enorme moradia de cinco pisos, que o ex-autarca (PSD) construiu ilegalmente em plena serra de Sintra, quase triplicando a área de construção que lhe fora autorizada (578 m2) e mais do que duplicando os dois pisos aprovados pela câmara e pelo Parque Natural de Sintra-Cascais (PNSC). Depois de ter perdido todas as acções judiciais que desencadeadou contra a decisão governamental de 2002, João Justino recuperou o fôlego quando o anterior ministro do Ambiente, Nunes Correia, entendeu, em Dezembro de 2006, que o despacho de 2002 era legalmente insuficiente para levar a demolição por diante.

Face a este entendimento, Nunes Correia proferiu um novo despacho que determina expressamente a demolição dos quase dois terços da moradia que não estão licenciados, dando ao proprietário a oportunidade de abrir mais uma frente de batalha. Simultaneamente, o empresário requereu ao Tribunal Administrativo de Sintra a suspensão da eficácia da ordem de demolição e a anulação do despacho que a determinou.
(...)
Tal como na sentença de 2007, o despacho saneador deste último processo, proferido pelo juiz a 29 de Janeiro, deixa claro que uma das principais fragilidades da posição do ministério consiste no facto de a câmara, passados quase sete anos sobre a entrada do pedido de legalização das obras e quatro sobre o parecer desfavorável do PNSC, ainda não ter tomado uma decisão final.
(...)"
Notícia integral do "Público" -aqui

Memórias do Jornal "Público" de 20 de Agosto de 2002

Photobucket


Host unlimited photos at slide.com for FREE!

Posts relacionados:
-A mansão de Colares e o juiz do Tribunal Administrativo e Fiscal de Sintra -aqui
-Pública impunidades Sintrenses -aqui
-Uma casa portuguesa -aqui
-

terça-feira, junho 22, 2010

As festas a Nossa Senhora do Cabo em Sintra

Photobucket
Legenda:
De cima para baixo e da esquerda para a direita: Sua Ex.ª o sr.Presidente da República condecorando o velho bombeiro Oliveira, decano da benemérita corporação - O sr. General Carmona passando revista ao Corpo de Bombeiros em Seteais - Um aspecto dos festejos - O chefe de Estado condecorando o comandante dos Bombeiros de Sintra devotado filantropo.

Publicado na revista "Ilustração" nº66 de 16 de Junho de 1928

Posts relacionados:
-Notas sobre o Terreiro público de Seteais-aqui
-Seteais em 1928 -aqui

segunda-feira, junho 21, 2010

O tenista do Banzão vence Torneio de Milão

Photobucket
Foto jornal Público

"Frederico Gil vence torneio em Milão

O tenista português Frederico Gil venceu este domingo o torneio ATP de categoria ‘Challenger’ de Milão, ao impor-se na final ao argentino Máximo Gonzalez, por 6-1 e 7-5.
Primeiro cabeça de série e 97.º da hierarquia mundial, Frederico Gil conseguiu assim o seu melhor resultado da época, depois de ter marcado presença na final do Estoril Open. Este triunfo vai fazer com que o tenista português suba cerca de uma dezena de lugares no ranking ATP."

De uma notícia do jornal "Público"


João Frederico Limpo Gil, nasceu em Colares e frequentou o 10º ano na Escola C+S da Sarrazola, como melhor solução para continuar a manter os treinos que a prática do ténis exigia. Em 2004 foi Campeão Nacional Absoluto, com a idade de 19 anos.
Frederico Gil começou no futebol, mas cedo percebeu que gostava mais de jogar ténis.

Post relacionado:
-Curiosidades sobre o melhor tenista português de sempre-aqui

domingo, junho 20, 2010

Colares em Concurso Fotográfico

Photobucket
Publicado na revista Ilustração Nº2 de 16 de Janeiro de 1932
Legendas das fotos:
Foto1:
Um passeio ao Cabo da Roca( foto do sr. Jorge Carlos Santos Simões- Lisboa)
Foto 2:
Colares-Quando a sede é muita(foto do sr.Jorge Carlos Santos Simões- Lisboa)
Foto3:
Colares-Descansando (foto do sr. Jorge carlos Santos Simões -Lisboa)

sábado, junho 19, 2010

Porque hoje é Sábado...

BPN e BPP

"Ninguém pode garantir que contribuintes não vão pagar"

por Lusa16 Junho 2010

(Notícia do Diário de Notícias)


BPPf

O "buraco" BPP

"O vice governador do Banco de Portugal, Pedro Duarte Neves, disse hoje no Parlamento que, neste momento, não há possibilidades de garantir que os contribuintes portugueses não vão ter custos com os apoios aos bancos BPN e BPP.

"Não consigo dar essa garantia, nem ninguém, pelo que no fim dos processos se verá", respondeu Duarte Neves, quando foi questionado pelos deputados se o Banco de Portugal estava em condições de assegurar que os contribuintes não serão chamados "a pagar um cêntimo" por causa dos casos BPN e BPP.

(...)

Norberto Rosa realçou que "foram tomadas medidas para estabilizar" o banco, que anunciou hoje ter registado um prejuízo de 216,6 milhões de euros em 2009, contra os 575,2 milhões de euros do ano anterior.

Porém, o 'buraco' [insuficiências de capital] do BPN ascendia, no final de 2009, a dois mil milhões de euros, contra os 1,6 mil milhões de euros calculados em Dezembro de 2008."

Diário de Notícias de 16 de Junho de 2010

sexta-feira, junho 18, 2010

José Saramago 1922-2010


José Saramago quando da estreia do filme "Ensaio sobre a Cegueira" em 2008, com o realizador brasileiro Fernando Meireles.

Prémio Camões em 1995, Prémio Nobel da Literatura em 1998 -última obra publicada "Caim".

quinta-feira, junho 17, 2010

Sintra encerra nove escolas do 1ºCiclo

Se tivesse mais dois alunos a Escola EB/Jl de Morelinho já não fechava....

Photobucket

Photobucket

O Governo aprovou, em Conselho de Ministros, uma resolução que determina o encerramento de escolas com menos de 21 alunos. Deste modo centenas de escolas não devem reabrir em Setembro.

A EB/Jl de Morelinho, na Freguesia de S. Martinho em Sintra é uma das escolas condenada a fechar por ter apenas 19 alunos...

As escolas a encerrar, segundo o Jornal de Sintra, são: EB1 de Albarraque1, Albarraque 4, Alvarinhos, Fontanelas, Morelinho, Baratã, Anços, Venda Seca e Azóia. Os alunos destas escolas serão transferidos para outros estabelecimentos de ensino.
Photobucket

Esta antiga escola da Azóia, consequência de uma outra remodelação, estava em 2009 à espera de um comprador.

Post relacionado:
-O dia da inauguração do Posto Escolar do Mucifal-aqui

quarta-feira, junho 16, 2010

Inauguradas as obras de recuperação do Palácio de Monserrate

Photobucket


A Parques de Sintra – Monte da Lua inaugura no próximo dia 17 de Junho, pelas 18h, as obras de recuperação do Palácio de Monserrate. A cerimónia, vai contar com a presença das ministras do Ambiente e Ordenamento do Território e da Cultura, Dulce Pássaro e Gabriela Canavilhas, e da embaixadora da Noruega, Inga Magistad.

Custo da intervenção
O custo total desta fase do projecto foi de 1.150.000 euros, dos quais 650.000 euros foram comparticipados pelo EEA-Grants, com o restante suportado pela PS-ML.

Fonte: Parques de Sintra Monte da Lua


Photobucket
Palácio de Monserrate
Construído no terceiro quartel do século XIX, por iniciativa de Francis Cook, visconde de Monserrate, sobre a ruína de um edifício anterior do século XVIII, o Palácio de Monserrate possuía um complexo sistema de redes de águas, esgotos, electricidade e aquecimento central, hoje obsoleto. A distribuição original destas redes pelo edifício foi feita através das galerias de ventilação existentes sob os pavimentos do piso térreo, cujo eixo principal é a actualmente designada galeria técnica (localizada sob o corredor longitudinal).

Fonte: Parques de Sintra Monte da Lua

Photobucket

Photobucket

Post relacionado :
-Palácio de Monserrate em 1904-Aqui

Efeméride

Photobucket
Contador: Motigo Webstats
Photobucket
Agradeço a todos que com os seus comentários e colaborações, permitiram que 4 anos depois, continuemos com esta tarefa iniciada em 16 de Junho de 2006.

segunda-feira, junho 14, 2010

Passeio de William Beckford a Colares (II)

Em Setembro de 2007, publicámos um post sobre a visita que em 1787,William Beckford fez à zona de Colares.Com a prestimosa colaboração de André Ludovice Paixão, familiar do negociante francês Laroche, que em 1787, acolheu William Beckford, na sua quinta - actualizamos hoje o texto que publicámos anteriormente:



Correspondência de William Beckford-1787

(...)
Jantámos numa asseada e excelente pousada, situada no centro da vila de Sintra. A rainha concedeu ultimamente ao marquês esta casa e um largo tracto de terreno contíguo, e das suas janelas e loggias vêem-se em baixo fundos barrancos e abruptas quebradas cobertas de bosques e matas, entremeadas de pedras musgosas e vetustos castanheiros.

Apenas baixou o sol fomos para Colares, onde passeámos num terraço pertencente ao senhor Laroche, negociante francês, que deu provas de bom gosto na disposição da sua casa.

Grupos de pinheiros e castanheiros, rompendo das fendas dos rochedos, e elevando-se uns acima dos outros a uma altura considerável, dão a Colares a aparência de uma aldeia dos Alpes; e ao longo do caminho inúmeras fontes à sombra de sobreiros e copados limoeiros, rebentam dos muros desmoronados e caem em tanques de pedra.

Extracto de um texto retirado de: "A corte da Rainha D.Maria I -Correspondência de William Beckford-1787"

*O Terraço a que Beckford se refere, localiza-se na Quinta da Palma na Eugaria/Colares. quinta essa fundada por Pantaleão Laroche no 3º quartel do Séc XVIII. A quinta esteve na família de André Ludovice Paixão, até aos anos 50 do Séc.XX. E reza a história da família Laroche que Pantaleão Laroche possuía na sua quinta uma variedade de Pera única e que veio dar origem à Pera Rocha, a quinta também era conhecida pelos locais como a Quinta da Rocha.

Post relacionado:
-Passeio de William Beckford a Colares -Aqui

domingo, junho 13, 2010

A marcha de São João das Lampas

ng1304678
O desfile da marcha de São João da Lampas na Avenida da Liberdade-Foto D.N.

"A marcha de S. João das Lampas trouxe à Avenida os monumentos históricos da Vila de Sintra, mostrando o seu património. O público envolveu-se no espectáculo, seguindo a música com palmas."
De uma notícia do Diário de Notícias de hoje.

Ler notícia integral do D.N. -aqui

Post relacionado:
*A marcha de São João das Lampas abre marchas de Lisboa-aqui



sábado, junho 12, 2010

A Marcha de S.João das Lampas abre marchas de Lisboa (actualizado)

Photobucket
(Foto Jornal de Sintra)
Marcha de São João das Lampas (Sintra) que abre o desfile das Marchas Populares de Lisboa, que se realiza hoje na Av. da Liberdade.

Com o tema "Sintra Património Mundial", os 48 marchantes de São João das Lampas levam a Lisboa trajes inspirados no século XVIII e arcos a imitar azulejos, com imagens antigas da vila classificada pela Unesco como património da humanidade.
Os padrinhos são a cantora Ana e o músico e encenador Henrique Feist, ambos moradores no concelho de Sintra.

Memórias de outros tempos
Foto dos anos 50 com a Marcha Popular de Benfica, que este ano volta a desfilar na Av. da Liberdade.
A13313
1950- Marcha de Benfica -autor Benoliel ,Judah-Arq.Fotog. da CML
A23853
1955- Marcha de Benfica no Pavilhão dos Desportos-autor Benoliel,Judah-Arq. Fotog. da CML

sexta-feira, junho 11, 2010

Concelho de Sintra

Photobucket

De uma notícia do "Correio da Manhã" de hoje (11/06/2010):

Sintra ameaça Lisboa

O concelho de Sintra está prestes a apanhar o de Lisboa em população. No distrito de Lisboa, a capital tem 479 884 habitantes, mais 25 696 do que Sintra. Segue-se, à distância, Loures, onde vivem 193 630 pessoas. Em Setúbal, a capital de distrito, com 125 293 habitantes, é suplantada pelo município do Seixal, um dos mais jovens do País, com 178 332, e por Almada, com 165 991. Os dados constam das Estimativas de População Residente divulgadas pelo Instituto Nacional de Estatística, relativas a 2009.

quinta-feira, junho 10, 2010

II Festival de Aeromodelismo de Sintra

cartaz iifas

Dia 20 de Junho de 2010 vai ter lugar na Base Aérea Nº 1 em Sintra, o II FESTIVAL DE AEROMODELISMO DE SINTRA que tem como principal objectivo divulgar o aeromodelismo, proporcionar aos praticantes da modalidade um convívio salutar, e facultar ao público um contacto directo com as várias categorias de voo com modelos rádio-controlados.

Exposição de modelos de aviões, helicópteros, planadores e outras máquinas. Demonstrações de voo, voo de precisão e acrobacia.

*Saber mais sobre o II Festival de Aeromodelismo -aqui

quarta-feira, junho 09, 2010

Os Plátanos de Colares


Um texto publicado no blogue "Tudo de Novo a Ocidente", de Cortez Fernandes, em Novembro de 2007, permite uma real imagem da importância daquele conjunto de centenários plátanos para Colares -"Um verdadeiro ex-libris da antiga e nobre Vila de Colares".

OS PLÁTANOS DA VÁRZEA DE COLARES
Nas bermas da estrada de Colares, em particular na Várzea, junto à Adega Regional, existem numerosos plátanos de provecta idade e porte altivo que dão ao percurso um ar agradável em qualquer estação do ano.

A Adega Regional de Colares, foi instituída em 1930 como medida para se proteger a qualidade do vinho de Colares, que no dizer de Ferreira Lapa "era o vinho mais francês que possuíamos".No entanto, para aumentar a sua graduação os produtores misturavam-lhe aguardente transformando um bom vinho numa mistela...

Ao tempo da construção da Adega já existiam os plátanos frondosos que hoje podemos admirar desde a ponte da Várzea até ao Banzão no caminho da "Praia". São exemplares centenários nos quais os automobilistas apressados nem reparam.

A sombra destas árvores protegeu a fermentação de muitos "caldos" de boas colheitas que estagiaram dentro da Adega. Merecem pois que brindemos à sua saúde esperando no futuro sejam devidamente apreciados.

Para isso no local deveria colocar-se um painel informativo, chamando à atenção para estas imponentes árvores.

Os plátanos da Adega Regional de Colares são um dos "monumentos vivos" que povoam o Município Sintrense.

Um verdadeiro ex-líbris da antiga e nobre Vila de Colares...

Cortez Fernandes -Blogue "Tudo de Novo a Ocidente"


terça-feira, junho 08, 2010

Plátanos de Colares e a classificação de interesse público

Numa notícia de hoje do Público, a Estradas de Portugal afirma que enquanto o processo de classificação de interesse público dos plátanos junto à Adega Regional de Colares, estiver a decorrer na Autoridade Florestal Nacional, não avança com qualquer intervenção nas árvores.

Photobucket

Classificação de interesse público atrasa intervenção da Estradas de Portugal nos plátanos de Colares

A Estradas de Portugal afirmou ontem que enquanto o processo de classificação de interesse público dos plátanos junto à Adega Regional de Colares, no concelho de Sintra, estiver a decorrer na Autoridade Florestal Nacional, não avança com qualquer intervenção nas árvores.

A Quercus e a Associação Árvores de Portugal afirmaram-se ontem preocupadas com uma "iminente" intervenção nos plátanos junto à adega de Colares, adiantando temerem que os trabalhos possam comprometer a classificação de interesse público do local. A Estradas de Portugal garante que enquanto o processo de classificação de interesse público dos plátanos situados junto à Adega Regional de Colares não estiver concluído, a empresa pública não avança com a intervenção prevista.

"Estes plátanos encontram-se já em processo de classificação de interesse público (...) pelo que a EP não vai intervir sem o consentimento e supervisão da Autoridade Florestal Nacional", garantiu a Estradas de Portugal, em resposta à agência Lusa.

A EP garante que a 19 de Abril, em resposta à Autoridade Florestal Nacional, informou "nada ter a opor quanto à classificação daquelas árvores", advertindo, no entanto, que "algumas delas necessitam de intervenções urgentes".

Em Novembro de 2009 vários moradores de Colares insurgiram-se contra a marcação de plátanos junto à adega regional, efectuada pela Estradas de Portugal, por temerem o abate destas árvores que marcam a paisagem desta vila.

Segundo a EP, a empresa promoveu em 2009, depois de reclamações de moradores, a realização de inspecções técnicas às árvores das estradas nacionais da zona de Colares, com vista a identificar as necessidades de intervenção, tendo realizado ainda diagnósticos mais aprofundados nas árvores situadas junto à adega.

Jornal Público, de 8 de Junho de 2010

Posts relacionados :
Processo de classificação dos plátanos de Colares -aqui
Comunicado conjunto Árvores de Portugal/QUERCUS-aqui

segunda-feira, junho 07, 2010

Festas do Penedo e o Blogue

Photobucket
Declaração de interesses:
Tem este blogue como princípio não divulgar eventos onde se utilizem animais por puro divertimento, provocando-lhe sofrimento físico ou psíquico.
A existência de um regulamento Municipal, aprovado o ano passado , define claramente as regras de utilização de animais em espectáculos públicos:

“Através deste Regulamento, a Câmara de Sintra assume que o apoio institucional ou a cedência de recursos, por parte da autarquia, para a realização de espectáculos com animais fica condicionado pela não existência de actos que inflijam sofrimento físico ou psíquico, lesionem ou provoquem a morte do animal. A realização de espectáculos com fins comerciais, desportivos, beneméritos ou outros em que estejam envolvidos animais, respeita o disposto na Lei e nos Regulamentos Municipais, i.e., fica sujeita ao parecer prévio e vinculativo do Médico Veterinário Municipal.”

Razões, porque o programa das Festas em Honra do Espírito Santo a realizar na aldeia do Penedo, não preenche as condições para que neste blogue seja divulgado a sua programação.

Iminente a intervenção nos Plátanos junto à Adega Regional de Colares

Photobucket
Comunicado conjunto Árvores de Portugal /QUERCUS


A Quer­cus — ANCN e a Asso­ci­a­ção Árvo­res de Por­tu­gal, perante a imi­nên­cia de uma inter­ven­ção na ala­meda de plá­ta­nos situ­ada junto à Adega Regi­o­nal de Cola­res, no con­ce­lho de Sin­tra, vêm, atra­vés do pre­sente comu­ni­cado, cha­mar a aten­ção da popu­la­ção e das enti­da­des com­pe­ten­tes, para os seguin­tes pon­tos:
1) As asso­ci­a­ções em causa ape­lam a que a Estra­das de Por­tu­gal torne público o rela­tó­rio ela­bo­rado pelo Enge­nheiro Antó­nio Fabião, do Ins­ti­tuto Supe­rior de Agro­no­mia, para que sejam conhe­ci­dos, a pri­ori, quais os exem­pla­res que irão ser inter­ven­ci­o­na­dos e os moti­vos téc­ni­cos que jus­ti­fi­cam, caso a caso, essa mesma intervenção.

2) Como forma de tran­qui­li­zar todos os que se pre­o­cu­pam com as árvo­res em causa e com a segu­rança das pes­soas e bens que cir­cu­lam naquela via, alguns dos quais nos têm feito che­gar as suas inqui­e­ta­ções, seria útil que fosse escla­re­cido qual o tipo de for­ma­ção, na área da arbo­ri­cul­tura urbana, que pos­suem os fun­ci­o­ná­rios da empresa con­tra­tada para imple­men­tar a refe­rida intervenção.

Adi­ci­o­nal­mente, e não menos impor­tante, é a impe­ri­osa neces­si­dade da Estra­das de Por­tu­gal garan­tir que os tra­ba­lhos serão acom­pa­nha­dos pelo autor do citado estudo técnico.

3) As asso­ci­a­ções em causa rei­te­ram a sua con­fi­ança na ido­nei­dade do rela­tó­rio ela­bo­rado pelo Enge­nheiro Antó­nio Fabião, téc­nico que se tem nota­bi­li­zado, ao longo dos anos, pelas suas opi­niões con­tra as rola­gens e em favor de boas prá­ti­cas em arbo­ri­cul­tura urbana.

Pelo refe­rido no pará­grafo ante­rior, reforça-se o apelo a que os tra­ba­lhos se limi­tem ao estri­ta­mente neces­sá­rio para garan­tir a segu­rança de todos os uten­tes da via na qual se encon­tram os refe­ri­dos plá­ta­nos, bem como para pre­ser­var a saúde e monu­men­ta­li­dade deste con­junto arbóreo.

Dada a impor­tân­cia cul­tu­ral e pai­sa­gís­tica des­tas árvo­res, a Quer­cus — ANCN e a Asso­ci­a­ção Árvo­res de Por­tu­gal esta­rão par­ti­cu­lar­mente aten­tas ao evo­luir da ope­ra­ção, de modo a garan­tir que os tra­ba­lhos de manu­ten­ção não irão além do pre­co­ni­zado no men­ci­o­nado estudo téc­nico, cedendo a even­tu­ais pres­sões exte­ri­o­res. Desta forma, pretende-se evi­tar que possa ficar com­pro­me­tida, de forma irre­ver­sí­vel, a pos­si­bi­li­dade de esta impo­nente ala­meda vir a ser clas­si­fi­cada, pela Auto­ri­dade Flo­res­tal Naci­o­nal, como sendo de Inte­resse Público, tal como já foi reque­rido por alguns cidadãos.

Tendo em conta alguns casos recen­tes menos feli­zes, como o abate de plá­ta­nos em Azei­tão ou a rola­gem e o abate de árvo­res no con­ce­lho de Tran­coso, como ainda recen­te­mente denun­ci­ado pelas asso­ci­a­ções sig­na­tá­rias, esta­mos cer­tos que a Estra­das de Por­tu­gal e o seu Gabi­nete de Ambi­ente apro­vei­ta­rão este caso para repor a con­fi­ança dos cida­dãos, face à sua polí­tica de pre­ser­va­ção do patri­mó­nio arbó­reo sob sua responsabilidade.

Pela Direc­ção Naci­o­nal da Quer­cus — ANCN,
Ana Cris­tina Figueiredo

Pela Direc­ção da Asso­ci­a­ção Árvo­res de Por­tu­gal,
Pedro Nuno Tei­xeira Santos




Host unlimited photos at slide.com for FREE!
Post relacionado -Aqui

sábado, junho 05, 2010

Crónicas da Vizinhança (IV)

Photobucket

Photobucket
Duas viçosas alfaces cultivadas em Almoçageme...

Créditos: Publicado no jornal Público, de Quarta-feira 2 de Junho de 2010