quinta-feira, setembro 05, 2013

Uma torre metálica de 45 metros junto ao Farol do Cabo da Roca

Sobre a torre de radar que o Ministério da Administração Interna (MAI) instalou agora junto ao Farol do Cabo da Roca, publicou o jornal "Público"  a 4 de Outubro de 2012, uma notícia da autoria de Luís Filipe Sebastião, que voltamos a transcrever:
"O Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF) chumbou a instalação de uma torre metálica com 45 metros de altura, para vigilância da costa, a escassas centenas de metros do farol do Cabo da Roca. O projecto apanhou de surpresa a Câmara de Sintra, onde há quem considere que a sua viabilização constituirá "um crime ambiental e paisagístico." O jornal Público, refere ainda que " uma fonte do ICNF terá adiantado que o Ministério da Administração Interna estava a estudar um pedido de suspensão do plano de ordenamento do PNSC no Cabo da Roca, para levar por diante o projecto, mas a intenção também não foi confirmada oficialmente, quer pelo ICNF, quer pelo MAI. O presidente da Câmara de Sintra, Fernando Seara (PSD), disse desconhecer o projecto e solicitou informações aos serviços, reservando para mais tarde uma posição." 
  FarolCRTorre03092013Blogue Fotos em 3 de Setembro de 2013, com a torre com 45 metros já completamente montada.
Do facto consumado aos silêncios cúmplices.
 Durante o mês de Agosto, o MAI decidiu instalar uma torre Metálica com 45 metros junto ao Farol do Cabo da Roca (22metros), numa zona protegida do Parque Natural Sintra Cascais. Considerou o Ministério de Administração Interna (MAI),  que Agosto, seria a altura do ano ideal para contrariar as decisões anteriores, utilizando a politica do facto consumado - conhecendo o silêncio/cumplicidade, de todas as entidades que o ano passado tinham chumbado o projecto - e surpreendentemente também das organizações que se dizem defensoras do ambiente. FarolcabodaRoca03092013Blogue
 Acções efectuadas desde 09/08/2013 para obter a posição das entidades envolvidas:
 -Contacto através do site da C.M.Sintra -Não há resposta

-Contacto para a linha verde da C.M. de Cascais :
1)"Acusamos a recepção da S/ comunicação infra, mas o assunto em causa não está no âmbito da N/ actividade pelo que sugerimos o contacto com a Câmara Municipal de Cascais"

-Contacto via e-mail no site do ICNF (PNSC-ICNF) -Não há resposta

-Denúncia efectuada no SEPMA (Serviço de protecção da natureza e ambiente,GNR)

-Contacto via e-mail com C.M. de Cascais:
-1)"Obrigado pela sua mensagem que foi registada com a referência E-DCID-2013-8917 e enviada à respetiva área de responsabilidade para análise. Esperamos poder dar-lhe uma resposta brevemente."
- 2) "Acusamos a receção do seu mail que nos mereceu a melhor atenção. Encarrega-me o Sr. Presidente da Câmara Municipal de Cascais, Dr. Carlos Carreiras, de informar que o mesmo foi encaminhado para o gabinete do Sr. Vice-Presidente, Miguel Pinto Luz."

Informações/Contactos desde 22/08/2013
 -A CDU apresentou a queixa à UNESCO: http://www.tudosobresintra.com/2013/08/cdu-denuncia-unesco-torre-de-45-metros.

-Resposta do candidato à CMS, Marco Almeida a leitor deste blog: "Considero, como diz, uma autêntica aberração. Pressionar Governo para que seja removida. A Câmara Municipal de Sintra não tem competência naquela faixa do território. Prometer mais é faltar à verdade. "

- Resposta da SIC a um leitor deste blog: "Agradecendo o seu interesse pela nossa estação televisiva, informamos que o seu testemunho foi encaminhado para a Produção de Informação da SIC, que verificará a possibilidade e o interesse de efetuarmos alguma referência noticiosa. Sem outro assunto de momento, agradecendo o seu contacto, e colocando-nos à sua inteira disposição para futuros contactos, apresentamos os nossos melhores cumprimentos em nome de toda a equipa da SIC, Abraço"

-Envio de pedido(através do site da candidatura)da posição sobre a instalação da torre no Cabo da Roca à candidatura a Sintra do Partido dos Animais e Natureza -PAN (23/08/2013):

-Resposta do PAN em 29/08/2013:
"Desde já agradecemos a atenção em enviar-nos estas questões, que temos muito gosto em responder. A nossa posição é que o local escolhido para a instalação da torre não é o mais inteligente e não foi a melhor opção escolhida, parece nos que não foi escolhido através de um estudo aprofundado na matéria, para obter um maior leque de alternativas válidas. No nosso entendimento, acreditamos que a mesma terá que ser colocada, mas que deveria ter sido acautelado um local mais próprio, menos problemático, e menos anti-ambiente e anti-turismo como o local onde decidiram colocar a mesma.

Grato pela atenção.

Nuno Azevedo
Candidato à Câmara de Sintra
PAN Sintra"

-Envio de pedido (através do site da candidatura) da posição sobre a instalação da torre no Cabo da Roca  à candidatura do Partido Socialista à Junta de Freguesia de Colares (23/08/2013) -Não há resposta
  FarolTorre03092013Blogue Fotos em 03/09/2013
 http://riodasmacas.blogspot.pt/2013/08/ministerio-de-administracao-interna.html

3 comentários:

Carlos José dos Santos disse...

Amigo estamos em época de eleições, ninguém quer arriscar nada, os políticos só pensam no poleiro, e os que gravitam à volta deles andam à espera das migalhas.
Alguém quer saber dos atentados paisagísticos nesta altura do campeonato?
Por isso é que eu quando vejo estas coisas, me lembro de gente séria e que tinha a espinha direita, mesmo que do tempo do estado novo.
No tempo do Arquiteto Raúl Lino, podiam vir lá com a torre metálica que a tinham que engolir, porque nada que tirasse a estética à serra podia ser feito.
O Hotel Tivoli Sintra, teve embargado quase vinte anos porque foi construído mais um andar além do projeto, para ver se passava, não passou, estava-se a ver que nunca ia avançar dali nada.

pedro macieira disse...

Caínhas,
Obrigado pelo comentário.Este caso lamentável, possivelmente não terá a solução que pretendia que era a desmontagem imediata daquele monstro.
Até agora só a CDU é que tomou posição, fazendo uma queixa à Unesco -pois aquele local é uma área "protegida" do PNSC.
Admira-me os silêncios de todos que têm o poder de gerir um dos maiores Concelhos do País até agora.Actuais autarcas, candidatos a autarcas, partidos politicos (excepto a CDU), ambientalistas, sintrenses...todos indiferentes a este grave atentado paisagistico.
Vamos ver os próximos episódios e até lá eu e Luís Galrão (blog Tudo sobre Sintra),pelo menos prometemos não deixar cair este caso.
Abraço

Anónimo disse...

A passividade de todos (os outros) é escandalosa.
sintrense