domingo, maio 14, 2017

Vitrais do Salão Nobre do Palácio da Pena

O restauro completo do Salão Nobre do Palácio da Pena, foi apresentado em 23 de janeiro de 2014 projecto que implicou um investimento de cerca de 262.500 Euros ao longo de três anos. Após uma nova visita, publicamos hoje, fotos de dois dos extraordinários  vitrais daquele salão.

. O projecto contemplou a reabilitação geral das infraestruturas, a revisão do pavimento e o restauro dos revestimentos em madeira e estuque, dos lustres, dos vitrais e do mobiliário especialmente encomendado por D. Fernando, incluindo peças em reserva e porcelanas. Com informação histórica e o apoio de consultores, procurou-se reapresentar o Salão no seu estado original. Na investigação histórica o projecto contou com análises de materiais do Laboratório José de Figueiredo (DGPC).

Fonte:Texto da PSML (adaptado)
Janela do Salão Nobre
"Pouco antes do seu casamento com a Condessa d’Edla, o D. Fernando II redecora o Salão Nobre do Palácio da Pena, encomendando à casa Barbosa e Costa, em Lisboa, o mobiliário, as luminárias e os têxteis e introduz uma mesa de bilhar. Quer no tempo do Rei D. Carlos, quer depois da queda da monarquia em 1910 e adaptação da antiga residência real a museu, esta decoração sofreu diversas alterações. Nos finais dos anos de 1950, com a excepção do mobiliário encomendado por D. Fernando especificamente para este espaço, o Salão Nobre tornara-se num espaço bastante despojado. Posteriormente, com a incorporação de doações particulares e depósitos de outros museus e palácios, e com o objectivo de criar ambientes tardo-oitocentistas, a musealização do Palácio da Pena e, em especial, do Salão Nobre, passou a expor objectos que nunca aí haviam estado. 
Texto PSML
Salão Nobre -foto de 2014

Sem comentários: